Como Aprender a Estar Satisfeito Segundo a Bíblia?

1
976

Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação (Filipenses 4:12)

As vezes o contentamento significa:

  1. Aprender a ser feliz com menos.

Um grande executivo decidiu passar uns dias em um mosteiro. “Espero que sua estadia seja muito abençoada” lhe disse o monge que lhe acompanhou ao seu quarto. “Se necessitar de algo, nos avise, pois lhe ensinaremos a viver sem isso”. A felicidade não consiste em conseguir tudo o que deseja, mas sim desfrutar do que Deus te deu. Paulo disse que havia aprendido a viver satisfeito “seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade. Tudo posso naquele que me fortalece. (Filipenses 4:12-13)

2. Não esqueça que as coisas poderiam ser piores

Snoopy estava deitado em sua casinha de cachorro em um Dia de Ações de Graça, queixando-se de ter que estar naquele lugar comendo comida de cachorro, enquanto todos os humanos, estavam dentro de suas casas comendo peru e torta de abóbora. Mas poderia ser pior, ele refletiu “eu poderia ter nascido peru”. O recordar a nós mesmo que “poderia ser pior” pode ser uma arma poderosa para alimentar nosso contentamento.

[lightbox full=”http://estudoscristaos.com/wp-content/uploads/2016/01/¿Cómo-Aprender-A-Estar-Satisfecho_.png” title=”Contentamento”][/lightbox] Como Aprender a Ser Satisfeito(Imagen) Compartilhe em sua rede social favorita.

     3.Entenda que o que buscas é espiritual, não material.

Paulo nos advertiu que tivéssemos cuidado com “ a ganância, que é idolatria” (Colossenses 3:5). Nosso problema não é querer mais , porém devemos condicionar todos os nossos desejos em querer de verdade ter a Deus. Como dizia Agostinho de Hipona “Nossas Almas não descansará até que descansem em Ti”. Como vai Deus deixar que nos sintamos em casa, se esse mundo não é nossa casa? Por isso nossa fome espiritual deve ser para que “ Venha Teu reino. Faça Tua vontade na terra como no céu” (Mateus 6:10)

 

Michael Drosnin escreveu um livro sobre um homem que queria mais riquezas, assim que levantou o maior  império financeiro de sua época. Queria mais prazeres, então pagou para ter as mulheres mais lindas que o dinheiro poderia comprar. Queria mais aventura, então bateu recordes de velocidade aérea, onde construiu e pilotou o avião mais espetacular do mundo. Queria mais poder, assim que adquiriu influência política, que era inveja dos demais senadores. Queria mais glamour, assim que foi dono de estúdios cinematográficos e cortejava as estrelas de cinema. Drosnin nos disse como acabou a vida desse homem: “Era uma figura de aspecto cadavérico, pesando um pouco mais que 50kg, repartidos em seus 1.90m  de estatura…uma barba rala e desalinhada que caia por cima de seu peito fundo, uma unhas compridas em formas de garras amarelas e grotescas…Muito de seus dentes estavam podres e desgastados. Um tumor começava a sair de um lado de sua cabeça…e diversas marcas de seringas…Howard Hughes era drogado. Um drogado Multimilionário.

Então a pergunta é a seguinte: Se Hughes houvesse conseguido outro contrato a mais, ganhado outro milhão a mais e provado outra aventura a mais, seria o suficiente? Existe o engano de pensarmos que quanto mais tenhamos mais seremos gratos. Mas não é assim. Se dermos a uma criança tudo o que ele deseja, destruiremos sua iniciativa e anulamos o sentido de agradecimento e contentamento.  Não parece curioso que o mesmo homem que escreveu: “Aprendi a viver contente” também escreveu: “Dai graças em tudo, porque essa é a vontade de Deus para com vocês em Cristo Jesus” Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus.(1 Tessalonicenses 5:18)

Em suas próprias forças você não se tornará uma pessoa mais agradecida e satisfeita, porém abra seu coração ao Senhor para que isso aconteça!

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta