Família Cristã: Quero que meus filhos sejam felizes

Família – Eu quero que meus filhos sejam felizes

Passagem-chave: João 9:1-8.

Todos queremos que nossos filhos sejam felizes, que não se aflijam com nada, aproveitem a vida, não se preocupe com o peso, nem pelo noivo ou para o trabalho. Que para eles a vida seja alegria, felicidade e não tenham problemas em suas mentes.

Deus antes de tratar com nossos filhos, primeiro fará com nós, antes que eles recebram a cura, nos curará.

Há uma fórmula antiga que temos desempenhado nesse ministério que seguimos até hoje que diz: ” Ocupar-se dos filhos é a principal função da vida”. Mentira !!
São mães que se esquecem de si mesmas para começar a ver pelos olhos de seus filhos, viver os seus sonhos e prepara-los para que eles vivam.
Quando Jesus se aproxima da vida de uma mulher , lhe diz: Primeiro ocupe-se de vós e teram a cura os seus.
Quando começe a olhar para você, comecarás a curar e consequentemente trará a cura para os teus.

A. Para atender bem a seu filho, primeiro terá que servir a você mesma.

Quando se viaja de avião, sempre dão uma explicação: no caso de problemas no voo, máscaras de oxigênio cairão para serem colocadas. O interessante é que dizem que, no caso de viajar com as crianças, as máscaras devem ser colocadas primeiro nos pais e depois no seus filhos. Também explicam a respeito do cinto de segurança, eles precisam primeiro ser colocado nos adultos e se viajar com um bebê, você deve leva-lo em seus braços sem cinto.
As mulheres deram volta nas coisas e a igreja nos ajudou a fazer isso também, disseram que em primeiro lugar estavam os filhos e por último (se sobrasse tempo e forças) a mãe. Mentira !

B. Devo pensar em mim e não é egoísmo.

Igual ocorre com respeito a felicidade. Se deseja que seus filhos sejam felizes, aprenda a buscar a felicidade que parece estar muito longe de sua vida
Teus filos te observam todo o tempo e olham as suas reações e atitudes.
Muitos filhos estão fartos de ver suas mães tristes, com uma vida sem sentido, sem rumo, deprimidas, que não sabem se divertir e que estão cansada da vida.
Eles pensam que a vida é dessa maneira e que ser grande implica em ter preocupação, tristezas, deprssão e angústia.
Tudo o que observarem é o que viveram, Por isso, é importante : Aproxime a felicidade da tua vida!

Como ser feliz?

1. Para ser feliz devo abandonar a culpa.

Se sente culpada por tudo, e diz: “Como pode ser, alguma vez tenho que sair com as crianças, e hoje ( que é feriado)o único dia em que não vão ao colégio, venho a essa reunião “.
Quando nossos filhos passam por crises, enfermidade, um mal momento, devemos observar a situação como é, não agregarmos as emoções negativas que passam por nosso interior.
Geralmente, quando eles estão mal lhe agregamos nossas culpas, acrescentando emoções que cria uma cadeia interminavél e que nos introduzirá em um poço mais profundo de angustia e dor.

Não sou culpada do que passa a meus filhos.

Sendo feliz será livre para que seus filhos tomem dessa felicidade o que lhe correpende e incorporem uma nova conduta: trazer felicidade a sua vida.

Não te associe com a culpa. Trate as situações como se apresente, busque a solução específica, porque se associa com a culpa, enfermará a você e aos que estão ao seu redor, e o resultado será não saber como atuar e nem como reagir.

A. Raciocine corretamente.

Se a um fato concreto lhe adcionarmos emoções negativa isso gerará culpa.
Por exemplo, se meu filho fica doente e me sinto culpada porque não cuidei o suficiente, ou, o pai não lhe disse nada e saiu descalço, ou ainda saiu como desejou, desagasalhado e a qualquer hora.

Diante disso não sei como atuar: Que lhe digo? Que faço? O abraço e coloco um limite? Como reagir?
Me sinto culpada e termino pensando que a culpa é sua:” Sou culpada, não lhe coloco limite e então ele faz o que quer.”
Esse é um grande dilema das mamães, a tensão mas dificíl para resolver: estar perto ou longe dos filhos, colocar ou não limites, abraça-los ou cástiga-los.
Devemos aprender: O que façamos com culpa nos condenará e terminará matando o que é bom.

B. A resposta que te faz livre, libera ao outro.

Devemos ser mais frias em nossas emoções! Resolver a situação concreta sem dar voltas, sem questionamentos nem culpas, seguir adiante.

Jesus está interessado em que deixes toda culpa.
O não colocar límite, muitas vezes é querer ser livre dos limites que nos colocaram a nós mesma.

C. Aprenda a satisfazer suas próprias necessidades.

Devo atuar sem culpa !
Uma mãe satisfeita, tem filhos saciados e satisfeitos; uma mãe insatisfeita sempre terá filhos insatisfeitos. Uma mãe que está pensando no que não tem, no que lhe falta, no que gostaría de ter, no pobre que é que não tem tudo o que gostaría, terá filhos com as mesmas limitações.

Não permita que seus filhos te manipulem: ” Isso me aconteceu porque você não estava lá” …” Você não me ensinou”…” Você não me disse.”
O que passou, passou. Não agregue culpa, resolva e siga adiante. Não mescle emoções negativas porque terminará destruida e também aos que te rodeiam.

( Continua…)

Por Alejandra Stamate

1 COMENTÁRIO

  1. se seguissem a Deus como se deve o mundo não estaria tao corrompido ,cheio de coisas mas que dificulta a criação de nossos filhos nos dia de hoje.. mas que Deus nos ajude para que possamos ,passar por tudo isso e ao vencer possamos dizer ate aqui me ajudou o senhor…amem

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here