Estudo Bíblico: Um Indicador chamado “Espírito Santo”

2
2559

Estudo Bíblico : Um Indicador chamado “Espírito Santo”

“Estes mostram a norma da lei gravada no seu coração, testemunhando-lhes também a consciência e os seus pensamentos, mutuamente acusando-se ou defendendo-se”. Romanos 2.15

Imagine certo grupo formado por pessoas que não assumem um compromisso sério com Deus, mas são pessoas honestas, diligentes, ou seja, são consideradas boas. Por outro lado, um segundo grupo, é formado por pessoas que “aparentam” certo envolvimento com o Senhor, só que no dia-a-dia suas atitudes e posicionamentos revelam que vivem uma hipocrisia, ou seja, não colocam em prática o que conhecem sobre Deus. Ambos grupos são bem estranhos não é mesmo? Até parece que este dois grupos são fictícios e bem diferentes, não é verdade?

Infelizmente não são, eu asseguro que geralmente nos deparamos com pessoas assim e talvez eu e você seja integrante de um deles! Apesar das aparentes diferenças, o que você acha que esses dois grupos têm em comum? Que diferença há, quanto ao compromisso com Deus, entre o ímpio e o hipócrita? É bem provável que consigamos listar algumas diferenças, mas o que quero destacar é o “senso do pecado” que está gravado em seus corações. Com qual intensidade esse “senso” fala aos ouvidos destas pessoas dizendo a eles que estão em pecado? Esse “senso” existe no seu coração? Este “senso”grita ou sussurra aos seus ouvidos? Sabia que Deus gravou nos nossos corações a percepção quanto àquilo que O agrada?

Alguém disse que a “familiaridade traz a complacência”. Isso é real meu amado! Saiba que “ultrapassar os limites” não deixa de ser pecado e o resultado final é a morte! Talvez temos absorvido uma série de atitudes pecaminosas simplesmente por permitir uma convivência e assim vamos aceitando os erros, como se fosse possível a comunhão entre luz e trevas. O apóstolo Paulo, nesta passagem, falava a respeito do “justo juízo de Deus” que coloca todos em um ponto de igualdade. E a semelhança que temos é que todos somos igualmente culpados, porque geralmente ignoramos os avisos de perigo! “Todos pecaram e destituídos estão da Glória de Deus” (Romanos 3.23).

Conclusão: Esse “senso” que falamos, é a revelação da Lei de Deus gravada na consciência de cada ser humano. Além deste senso natural, Deus coloca “nos Seus” Seu próprio Espírito, o Espírito Santo. É Esse “Indicador”, que fala com voz firme (e com infinito amor), como você deve viver! O “senso” sempre o remete a Deus, e uma vez que você percebe sua condição de pecado, pela revelação do Espírito, você pode decidir (em arrependimento) se reconciliar com o Pai através da fé no Seu Filho amado Jesus Cristo. Será que você vive de acordo com a vontade de Deus? Esteja atento à voz do Senhor ao seu coração e não ande na contra-mão do projeto que Ele tem para você.

2 COMENTÁRIOS

  1. Saiba que Deus te utilizou para propagar Seus ensinamentos e reverberar a forma como Ele quer que vivamos. Amigo, estava precisando ler exatamente isso, pois através dessa leitura percebi o quão longe dos propósitos de Deus estou, tendo em vista que há muito tempo meu “senso” aponta que o caminho por mim trilhado tem contornos propícios à morte espiritual e mesmo assim deixo-me levar pelas circunstâncias ditas racionais.

    Continue postando,

    Abraços..

    DL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here