Devocional Diario – Quem é este? (Mateus 21.1-10 )

Devocional Diario – Quem é este?

Mateus 21.1-10


1Quando se aproximaram de Jerusalém, e chegaram a Betfagé, ao Monte das Oliveiras, enviou Jesus dois discípulos, dizendo-lhes:
2Ide ã aldeia que está defronte de vós, e logo encontrareis uma jumenta presa, e um jumentinho com ela; desprendei-a, e trazei- mos.
3E, se alguém vos disser alguma coisa, respondei: O Senhor precisa deles; e logo os enviará.4Ora, isso aconteceu para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta:5Dizei ã filha de Sião: Eis que aí te vem o teu Rei, manso e montado em um jumento, em um jumentinho, cria de animal de carga.
6Indo, pois, os discípulos e fazendo como Jesus lhes ordenara,7trouxeram a jumenta e o jumentinho, e sobre eles puseram os seus mantos, e Jesus montou.
8E a maior parte da multidão estendeu os seus mantos pelo caminho; e outros cortavam ramos de árvores, e os espalhavam pelo caminho.
9E as multidões, tanto as que o precediam como as que o seguiam, clamavam, dizendo: Hosana ao Filho de Davi! bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas!10Ao entrar ele em Jerusalém, agitou-se a cidade toda e perguntava: Quem é este?

Sou amante do futebol. Gosto de ver uma boa partida e de preferência que minha equipa ganhe, mas nem sempre é assim. Há derrotas que precisam ser encaradas e muitas vezes, quando enfrentamos as derrotas, temos que enfrentar também as críticas.

Certo treinador de futebol certa vez afirmou que “no futebol passamos de bestiais para bestas de um momento para o outro”. Creio que assim também acontece na nossa vida diária.

Quando olho para o relato de Mateus sobre a entrada triunfal de Jesus, tenho consciência da realidade da declaração feita pelo treinador.

Diante deste quadro eu aprendo o seguinte:

Não se deixe seduzir pela glória aparente. Jesus esta chegando à Jerusalém. O povo faz uma grande festa. Todos à sua volta. Eles exaltam e celebram-no. Estão tratando-O como uma grande celebridade.

O povo reconhece que Jesus vem em nome do Senhor. Enchem-no de glória. Cantam a celebrar e a louvar a Deus por sua presença ali. Mas Jesus não se deixa seduzir pela glória aparente, pois esta sempre foi, é e será passageira.

Não se deixe vencer pelo descaso com que lhe tratam. No início do texto utilizei a declaração de um treinador de futebol português e a utilizei por causa disto. Vejam a multidão toda exultando por causa de Jesus, mas vejam o que se segue. Em meio a toda alegria e louvor, subitamente o Senhor torna-se um ilustre desconhecido. Vejam a pergunta que surge: “Quem é este?” Algo feito meio com desdém!

O que é fantástico aqui é que não podemos ser seduzidos pelos aplausos, mas também não podemos nos deixar vencer pelo descaso dos outros. Quantas vezes já passamos por situações assim, onde nos olham e dizem, mas quem é este?

Seja você mesmo independente da circunstância. É interessante ver que uns exaltam, outros não sabem e não querem saber quem é Jesus, mas Ele continua do mesmo jeito. Não muda sua postura para agradar a ou b. Ele simplesmente é o que é. A isto chama-se integridade. Alguém que não se parte, que não age segundo às circunstâncias. Ele é inteiro e age com alegria e graça, mas convivem com tudo e todos sem se deixar levar pelas circunstâncias.

Eu preciso aprender a ser eu mesmo independente das circunstâncias. Necessito aprender a ser diante do brilho e do ostracismo. Devo ser o mesmo sem me vender para agradar quem quer que seja neste mundo.

Que possamos aprender com Jesus que nunca se deixou influenciar pelos elogios ou pelo desprezo que lhe foi atribuído.

Marcos Amazonas

Artigo anteriorDEVOCIONAL – JEREMIAS E A PÓS MODERNIDADE
Próximo artigoDevocional – Águas mais profundas
Esposa, mãe, serva e amante de Deus. Trabalha juntamente com seu esposo pastoreando e ministrando vidas nas quais Deus os confia! Tem como foco principal a edificação do Corpo de Cristo para que todos nós alcancemos a Plenitude de Cristo (Efésios 4:13) Por isso criou Estudos Cristãos e dedica-se a ele com muito amor e carinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here