Estudo Cristão: A importância de Orar a Palavra

A importância de ORAR a PALAVRA !

“E disse-me o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para cumpri-la” – Jeremias 1:12.

Como temos certa dificuldade para orar por assuntos complexos, não ?  Como clamar por situações que do nosso ponto de vista é “complicado” demais ou praticamente sem esperança ?  A Palavra afirma, confirma e reafirma que o Senhor VELA pela Sua Palavra para cumpri-La.  Velar, do latim “vigilare” ou seja, vigiar – proteger – amparar – estar de guarda – interessar…É isso que Deus FAZ com Sua Palavra !  Sendo assim, quando oramos a Palavra – que sai da boca de Deus – e preenchemos as condições necessárias, ela NÃO voltará vazia, mas prosperará naquilo que o Senhor a designou.

É comum ouvir pessoas que não conseguem orar ou nem sabem mais o que orar a respeito de situações inusitadas que se apresentam na vida, como o cônjuge que foi embora; filhos rebeldes; problemas no trabalho; liderança; etc., e Deus já nos forneceu esta tática através de Sua Palavra, mas ela é às vezes esquecida ou mesmo desconhecida por muitos.  Não me delongarei na explicação da definição do que seja “orar a Palavra” a não ser o conceito literal, ou seja, pegar um texto bíblico e orar sobre si mesmo ou sobre a vida de outrem, todavia, vamos exemplificar, pois é fundamental que a Palavra do Senhor encontre ressonância em nossas bocas, prosperando assim naquilo que Ele designou.  Provérbios 18:21.  É de FUNDAMENTAL importância verbalizarmos – vocalizarmos as promessas e as bênçãos de Deus encontradas na Bíblia Sagrada e que diz respeito a nós, aos nossos familiares e ao próximo.  Segue alguns exemplos para que saibamos colocar em prática:

1) Digamos que a dona Maria nem sabe mais orar pelo “seu” João, para que o mesmo seja um “vaso” de honra nas mãos do Senhor!  Sugestão: Salmo 1 – Então a dona Maria vai orar (e CRER) assim: BEM-AVENTURADO é o João que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.  Antes, o prazer do João é na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.  Pois o João será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.  Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.  Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.  Porque o Senhor conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá.  O mesmo é válido caso o contrário seja verdadeiro, ou seja, o “seu” João, orando para a Maria !

2)Agora, o seo João tem dificuldades para orar (e CRER) por sua esposa, a dona Maria, que já é uma filha do Senhor, mas ela precisa melhorar !  Sugestão: Provérbios 31 A Maria é mulher virtuosa.  Como eu acharia outra assim?  O seu valor muito excede ao de rubis.  O meu coração confia nela; assim não necessito de despojo.  Ela só me faz bem, e não mal, todos os dias da minha vida.  Busca lã e linho, e trabalha de boa vontade com suas mãos.  Examina uma propriedade e adquire-a; planta uma vinha com o fruto de suas mãos.  Cinge os seus lombos de força, e fortalece os seus braços.  Vê que é boa a sua mercadoria; e a sua lâmpada não se apaga de noite.  Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da beneficência está na sua língua.  Está atenta ao andamento da casa, e não come o pão da preguiça.  Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; e eu também, a louva.  Muitas filhas têm procedido virtuosamente, mas tu és Maria, de todas, a mais excelente!  Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada.

3) O casal JUNTOS intercedendo pelos filhos que (às vezes) trazem infortúnios sobre os pais!  Sugestão: Salmos 128/127 – Tiago 4:7 – assim, AMBOS vão orar (e CRER).  BEM-AVENTURADO somos, porque tememos ao Senhor e andamos nos seus caminhos.  Pois comeremos do trabalho das nossas mãos; felizes seremos, e tudo irá bem.  (Esposo)A minha esposa É como a videira frutífera aos lados da nossa casa; os NOSSOS filhos como plantas de oliveira à roda da nossa mesa.  Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor.  O Senhor nos abençoará desde Sião, e nos veremos o bem de Jerusalém em todos os dias de nossas vidas.  E verás os filhos de nossos filhos, e a paz sobre Israel.  Nossos filhos SÃO herança do Senhor e galardão o fruto de nosso ventre, portanto, te resistimos satanás e resistimos a tua ação na vida de nossos filhos.  Eles pertencem ao Senhor e a obra que o Senhor sobre suas vidas você não pode frustrar.

4) Alguém que procura uma intimidade maior com o Senhor !  Sugestão: Efésios 1; 2 e 3.

 Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual ME abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; Como também ME elegeu nele antes da fundação do mundo, para que EU fosse santo(a) e irrepreensível diante dele em amor; E ME predestinou para filho(a) de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade, Para louvor e glória de sua graça, pela qual ME fez agradável a si no Amado, Em quem TENHO a redenção pelo seu sangue, à remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça, Que ele fez abundar para COMIGO em toda a sabedoria e prudência; Descobrindo-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que propusera em si mesmo, De tornar a congregar em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra; Nele, digo, em quem também FUI feito herança, havendo sido predestinado(a), conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade; Com o fim de ser para louvor da sua glória, EU que primeiro espero em Cristo; Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, FUI selado(a) com o Espírito Santo da promessa; O qual é o penhor da MINHA herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória.  Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, ME dê em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação; Tendo iluminado os olhos do MEU entendimento, para que EU saiba qual seja a esperança da MINHA vocação, e quais as riquezas da glória da MINHA herança nos santos; E qual a sobreexcelente grandeza do seu poder sobre MIM, pois, eu creio, segundo a operação da força do seu poder, Que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos, e pondo-o à sua direita nos céus, Acima de todo o principado, e poder, e potestade, e domínio, e de todo o nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro; E sujeitou todas as coisas a seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja, Que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos.

Como podemos observar existem inúmeras maneiras de orar a Palavra sobre a própria vida ou a vida de outros, sendo assim uma forma de profetizar a Palavra de Deus, que como já vimos, não volta vazia, mas (sendo redundante) devemos orar e CRER no que orarmos.  Esta é uma tarefa interessante.  Continue lendo a Bíblia e escolhendo textos chaves e usando-os sobre si, sobre o cônjuge, sobre a família, a igreja onde congrega, a liderança…e deixa com Deus a “prosperidade” da Palavra, pois, tendemos a ser imediatistas.  Continue orando a Palavra !  O livro de Salmos é um arsenal a disposição de nós cristãos para essa prática.

– Quando na angústia – Salmo 4.
– Confissão de pecados – Salmo 51.
– Sofrendo desprezo – Salmo 123.
– Permanecendo incólume em meio à tentação – Salmo 14.
– Proteção para ti e família – Salmo 91.
– Pedindo ousadia – Atos 4:29-30.

 Agora é contigo !

por Vilson Ferro Martins

1 COMENTÁRIO

  1. Edificante esse artigo.
    Estou lendo um livreto interessante sobre orar os Salmos.
    Orando com Salmos, de Dietrich Bonhoeffer, Editora Encontro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here