Família Cristã: Pais Que Não Guiam, Filhos Que Se Extraviam

1
971

Famílias – Pais Que Não Guiam, Filhos Que Se Extraviam.

Passagem Chave: “Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele. (Provérbios 22:6)

 

Criar é orientar. Educar é guiar, é transmitir valores transcendentes por meio da conduta, é acompanhar ativamente para o caminho da maturidade e autonomia positiva.

 

Ama a todos seus filhos igualmente?

Isaac manifestou favoritismo por seu filho mais velho, Esaú, desprezando a Jacó, o menor. Como consequência, Jacó e Esaú foram inimigos na maior parte de suas vidas.

O mal exemplo do pai Isaac se repetiu quando Jacó teve sua própria família. Diante a uma situação de muito risco, mandou a linha de frente os filhos menos amados e deixou o mais longe possível do perigo aos filhos mais queridos. Quando você trata melhor a um do que o outro, está preparando para que surja ciúmes e divisões. Cada um de seus filhos tem diferentes capacidades, dons e talentos. Você deve guia-los para que cheguem a ser tudo o que Deus espera. Ama a todos seus filhos igualmente e intensamente.

 Ensine a seus filhos escolher bons amigos           

A Bíblia relata que Amnon o filho maior do rei Davi, escutou o conselho de seu “amigo” Jonadabe e este desacerto lhe custou a vida (2ª Samuel 12). Ensine a cada um dos seus filhos a escolher bons amigos. Quão longe e quão alto chegue em sua vida, está relacionado com o círculo íntimo de amigos que tenhas.

Abençoe a sua Família.

A palavra abençoar significa “lançar a benção”, “desejar o bem”. Isso inclui contato significativo. Os patriarcas colocavam suas mãos na cabeças de seus filhos e beijavam sua testa em sinal de benção. Eles declaravam sobre seus filhos palavras de afirmação e ânimo. Falavam términos que manifestavam o alto valor à aqueles que abençoavam. Os patriarcas proclamavam profeticamente o futuro de seus filhos.

Compromisso ativo: As palavras dos patriarcas não terminavam com as palavras; faziam tudo o que necessitava para preparar seus filhos para alcançar as bênçãos e logo, para viver debaixo dela.

Poderíamos imitar este modelo de criação. Afirmemos os dons, talentos e atributos de nossos filhos. Animemo-los a se superarem a cada dia para alcançar o maravilhoso futuro que Deus tem preparado para eles.

 

                                                                                                                                                 Por José Luis y Silvia Cinalli

1 COMENTÁRIO

  1. Tem sido difícil a relação entre pais e filho nesta nova geração. É preciso está atento a palavra de Deus, colocar em prática seus ensinamentos, e cabe aos pais serem firmes e imporem respeito.

Deixe uma resposta