Finanças – Separar os Negócios da Casa

0
310

adm casaFinanças – Separar os Negócios da Casa

A mão dos diligentes dominará, mas os negligentes serão tributários. (Provérbios 12:24 )

Conselhos para que um negócio progrida:

Em primeiro lugar deve –se fazer periodicamente um balanço para saber se o negócio é rentável ou não.

No caso de haver mais de um negócio, avaliar cuidadosamente cada um, de forma independente para não cometer erros de forma inconsistente.

 

Administrar o negócio como se houvesse um sócio, como se tivesse que prestar contas a outros.

Pagar a mercadoria que se compra, esta é a verdadeira forma de ser o dono do negócio, caso contrário ou é um consignatário, ou um devedor.

Retirar unicamente os ganhos para não “torrar” o capital do trabalho. No caso de taxistas deve-se contemplar a manutenção do veículo para não descapitalizar-se.

Retirar para casa uma quantia e pagar os gastos da mesma. Separar as contas, tanto da casa como dos negócios.

Avaliar o progresso da casa, as vezes não é o negócio que não vai bem, mas é as contas da casa que “come” o que se ganha.

Escriturar a casa como bem de família para não comprometer o patrimônio familiar com o patrimônio comercial.

Lembre-se que os que mesclam os ganhos porque dizem que tudo vai na mesma bolsa, são os que em geral não crescem e não têm ideia quanto ganham e quanto gastam.

 

Eu abençoo sua vida para que possa levar suas contas de forma ordenada e desta maneira poder tomar decisões acertadas tanto no âmbito familiar como no comercial, e progrida em tudo.

Por Daniel González

Deixe uma resposta