Devocional Cristão: Submissão a Autoridade

1
762

Devocional Cristão: Submissão a Autoridade

“Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.” – Filipenses 2:4.

A mensagem passada tratamos (de modo bem superficial) o assunto “autoridade”. Não existe o exercício da autoridade se não existir submissão.

Submissão segundo o dicionário Michaelis é: “Ato ou efeito de submeter ou submeter-se”.

O que a submissão NÃO É ? Ela não é um ato de subordinação em uma situação difícil, mas um profundo sentimento de confiança arraigado no nosso coração com respeito à soberania (autoridade) de Deus em nossa vida e na vida das pessoas que estão em autoridade sobre nós.

O fato de estarmos submisso a alguém não significa que nos anulamos, tampouco quer dizer que não temos direito de dar opiniões. discordar ou modificar nossas convicções com respeito a um dado assunto ou situação. Lembre-se que a Palavra afirma que o cristão tem a mente de Cristo !

Portanto, se a decisão NÃO precisa ser imediata e está havendo diferenças de opiniões, isto pode indicar que:

– O fato de não encontrar paz na decisão é um grande indício de que não é hora de Deus agir, portanto, NÃO avance até encontrar paz !

– Outro fator é que provavelmente Deus queira dar um maior entendimento/percepção ao que exerce e ao que se submete a autoridade !

– Enquanto espera continuem orando para que Deus confirme ou que o tempo modifique as coisas e então um entendimento mais aclarado poderá até mesmo abortar o objeto da discussão !

– Geralmente quanto há impasse e há acordo em esperar no Senhor, outra decisão ou negócio melhor desponta no horizonte destas vidas.

Entretanto, e se a decisão for imediata ? Era isso que queriam questionar, não ?

Se a decisão tem que ser imediata e INADIÁVEL deve-se aplicar a linha de comando Bíblica. (Agora, convém ser sensato em definir o que é “imediato” e “inadiável” para não se tornar um déspota).

É preciso que os cônjuges entendam que num relacionamento marido e mulher o cabeça é o marido, mas a mulher está em SUBMISSÃO com ele, ou seja, ela é sua “auxiliadora idônea”, portanto, ela encontra-se LADO A LADO com ele. Não fica a frente porque não possui as rédeas da família, MAS tampouco fica atrás, pois não é cauda de ninguém.

Uma pergunta de âmbito geral:

Até que ponto vai a nossa submissão diante de qualquer um ? (Principalmente de alguns líderes que assombram suas ovelhas trovejando que são “ungidos do Senhor” – quando o seu próprio falar os denuncia que estão longe de estarem onde afirmam estar.) Mateus 18:4 – 20:26.

Resposta:

Até o ponto em que NENHUM princípio de Deus em nossas vidas seja quebrado !

Eis porque é muito importante estudar a Bíblia, para sabermos nossa posição no Corpo de Cristo. Bato sempre nesta tecla, pois muitos irmãozinhos ainda não sabem que também são UNGIDOS do Senhor, pois a Palavra assim o diz: “Mas o que nos confirma convosco em Cristo, e o que nos ungiu, é Deus, O qual também nos selou e deu o penhor do Espírito em nossos corações.”- 2 Coríntios 1:21-22.

A Palavra afirma que somos o corpo de Cristo, portanto, cada qual deve ocupar seu lugar obedecendo as autoridades e isto vale tanto para o maior quanto o menor, afinal TODOS estamos no “corpo” e diante de Deus ninguém é mais e ninguém é menos !

Quanto um líder é submisso ao senhorio de Deus, a unção que flui em sua vida é suficiente para conduzir suas ovelhas a pastos verdejantes sem “impor” nada, pois reconhece que ao clamar, Deus o ouve e executa o trabalho que necessita ser feito ou a maneira como deve ser feito. Salmo 57:2.

por Vilson Ferro Martins

Compartilhar
Artigo anteriorFamília Cristã: Segredos para uma Família Feliz
Próximo artigoArtigos Cristãos: Vencendo o Medo
Esposa, mãe, serva e amante de Deus. Trabalha juntamente com seu esposo pastoreando e ministrando vidas nas quais Deus os confia! Tem como foco principal a edificação do Corpo de Cristo para que todos nós alcancemos a Plenitude de Cristo (Efésios 4:13) Por isso criou Estudos Cristãos e dedica-se a ele com muito amor e carinho.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta